Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

São coisas da vida

Há meses a coisa estava pregada em seu peito como um grampo enferrujado, soando persistente como uma torneira pingando, doendo como um ferimento cheio de pus. Estava tão clara dentro dele que foi tomando forma, ganhando voz e logo chegou aos ouvidos da terapeuta. - Talvez seja melhor aumentar o número de seções. Você pode vir mais vezes por semana? Mas parecia que apenas a terapeuta não bastava: ganhando firmeza, a coisa saiu durante a noite para o o ouvido da namorada, que encarou como piada. Depois, para os ouvidos de alguns amigos mais íntimos, numa noite de queijos e vinhos - um deles derrubou a taça por ser pego de surpresa. Mas até ajudaram a planejar, em tom de troça. Estava marcado então para o dia 02 de dezembro, havia ainda uns 6 meses pela frente para organizar tudo. E ninguém de fato acreditava naquilo, ainda mais por que foi se tornando conhecimento de todos e de repente a coisa já era uma espécie de piada para todo seu círculo social. Até que ganhou tanta força que cont…

Últimas postagens

Você não acreditaria

Contra o Mundo

Entre o artista e a obra

UDN e outros paquidermes

Um tiro filosófico

Um bom prato

Você está tão preocupado em acertar!

Uma variação

Batendo Perna Online

É claro que eu sinto sua falta.